Make your own free website on Tripod.com

Auxílios visuais para o ensino de Macroeconomia e para o livro:

José Alfredo A  Leite    -    MACROECONOMIA    -   Editora  Atlas, São Paulo, 2000.

 

2. 3 – Modelo  oferta e procura

 

1. Lei da oferta

1.1  – Explicação:

Os produtores se dispõem a aumentar a produção, ofertando maiores quantidades do produto, se o preço do produto subir. Esse comportamento dos produtores implica numa relação direta entre a quantidade ofertada (qs) e o preço do produto (p), denominada “lei da oferta”.

 

1.2  – Função oferta:  qs = f(p, x)  

onde “p” é o preço do bem e “x” são outros fatores (especialmente custos) que afetam a decisão de produzir

 

1.3 – Oferta linear:  qs = a + bp

onde o parâmetro “a” representa o efeito dos demais fatores

e o parâmetro “b” é o coeficiente de sensibilidade de “qs” em relação a  “p”

 

 

Curva de Oferta

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Onde:

a” (coeficiente linear) representa outros fafores “x” que influenciam a produção (custos, impostos, juros, problemas,etc.) e

 b” (coeficiente angular) representa a sensibilidade da produçãoàs variações do preço.

 

 


 

Tópico: 2.3 – Página: 2

Efeitos fundamentais de oferta

 

1. Efeito de variação do preço (p):   Variação ao longo da curva

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


A quantidade ofertada (qs) aumenta quando o preço (q) sobe, ou diminui  quando o preço cai  (variação ao longo da “curva de oferta”).

 

2. Variação nos  demais determinantes (“x”):  Alteração da curva de oferta

  

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


A oferta aumenta ou diminui, isto é,  a “curva de oferta”( qs)  se desloca para baixo ou para  cima quando qualquer dos “outros  fatores x”  varia ou se altera.

 


 

Tópico: 2.3 – Página: 3

2. Lei da procura

1.3  – Explicação:

Os consumidores se dispõem a aumentar suas compras do produto, demandando maiores quantidades,  se o preço do produto cair. Esse comportamento dos consumidores, implica em  relação inversa entre a quan-tidade demandada (qd)  e o preço do produto (p), denominada “lei da procura”.

1.4  – Função demanda:  qd = f(p, w)  

onde “p” é o preço do bem e “w” são outros fatores (especialmente renda) que afetam a decisão de produzir

 

1.3 – Demanda linear:  qd = c - dp

onde o parâmetro “c” representa o efeito dos demais fatores

e o parâmetro “d” é o coeficiente de sensibilidade de “qs” em relação a  “p”

 

Curva de Demanda

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Onde

 c” (coeficiente linear) representa outros fafores “w” que influenciam o consumo (renda, preferências, hábitos, publicidade, etc.) e

 d” (coeficiente angular) repreesenta a sensibilidade do consumo às variações do preço.

 

 


 

Tópico: 2.3 – Página: 4

Efeitos fundamentais de demanda

1. Efeito de variação no preço (p):    Variação ao longo da curva

 

 

 

 

 

 

 

 

Variação ao longo da curva : a quantidade demandada (qd) diminui quando o preço (q) sobe (variação ao longo da “curva de demanda”  ou vice-versa;

2. Efeito de variação nos outros determinantes (w):

 Alteração ação da curva

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Variação da curva de demanda : a demanda  aumenta ou diminui, isto é, a “curva de demanda ”( qd)  se desloca para cima ou para   baixo quando qualquer dos outros  fatores  “w” varia ou se altera.

 


 

Tópico: 2.3 – Página: 5

3. Equilíbrio de oferta e procura

3.1 – Explicação: No mercado, o preço (p)  e as quantidades (q) das mercadorias transacionadas são determinados pela interação das vontades dos vendedores e compradores, representados nas leis de oferta e procura. Em outras palavras, o preço e quantidade transacionadas ocorrem no ponto em que os desejos de compradores e vendedores coincidem, caso contrário não ocorreria a transação.

3.2 – Condição de Equilíbrio: Matematicamente, o equilíbrio de oferta e procura é expresso da seguinte forma:

 

                                                       (1)  qs =  a + bp

                                                       (2)  qd = c – dp

                                                        (3) qs = qd

 

O diagrama mostra que o preço e quantidade tendem para o equilíbrio (pe,qe)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Efeitos fundamentais

a) Equilíbrio: O preço e quantidade de equilíbrio são estáveis, não sofrendo qualquer pressão de mudança, visto que as quantidades ofertadas de demandadas coincidem a um preço mutuamente aceitável.

b) Em desequilíbrio: Os preços e quantidades ofertada e demandadas são desiguais quando o preço diverge do equilíbrio.  Se houver  excesso de oferta,  o preço tenderá  a cair, reduzindo a quantidade ofertada  e aumentando  a demandada. Se houver excesso de procura, o preço tenderá a aumentar, reduzindo a quantidade  procurada e aumentando a ofertada.

c) Distúrbios: As variações nos fatores exógenos ( “x” do lado da oferta e  w” do lado da demanda) provocam deslocamentos da curva de oferta ou da curva de demanda, alterando as condições de equilíbrio

 

 


 

Tópico: 2.3 – Página: 6

DISTÚRBIOS DE OFERTA E PROCURA

Distúrbio

de oferta

 

Distúrbio

de  demanda